Produtos e Serviços

Agricultura digital cada vez mais próxima

02/12/2021

Case IH conta com um ecossistema completo de soluções inovadoras e sustentáveis para a agricultura digital

Máquinas autônomas, soluções e serviços conectados coletando e gerando dados agronômicos e o produtor rural na ponta, gerenciando sua fazenda remotamente, de forma mais eficiente e assertiva. Este cenário da agricultura digital parecia estar em um futuro distante, mas, na verdade, está cada vez mais próximo.

Com os avanços tecnológicos e as constantes mudanças na sociedade, a tecnologia para o setor agrícola tem se tornado essencial para todos os perfis de produtores. Para se ter uma ideia, até o primeiro semestre de 2020, 84% dos produtores brasileiros já utilizavam ao menos uma tecnologia digital como ferramenta de apoio na produção agrícola, segundo pesquisa realizada em conjunto pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Ainda de acordo com a pesquisa, entre as tecnologias mais utilizadas destacam-se os aplicativos e/ou programas para o gerenciamento da fazenda (22,2%); GPS (20%); imagens de satélite ou drone (17,5%).

Para acessar a pesquisa completa, cliquei aqui.

Gerenciamento

Acompanhando as principais tendências tecnológicas para a revolução da agricultura digital no campo, estão o Big Data, Analytics, Machine Learning e a IoT (Internet das Coisas), capazes de coletar dados agronômicos, a exemplo da performance do equipamento e visualização de áreas, atuando diretamente no gerenciamento da fazenda. Com essas informações disponíveis para o produtor rural, de forma remota e atualizada em tempo real, é possível otimizar o monitoramento da frota e garantir o máximo desempenho agronômico.

Autonomia


Em 2017, a Case IH trouxe ao Brasil o primeiro trator autônomo do mundo


O conceito de autonomia total já existe e foi apresentado pela Case IH em 2017. Hoje, ela segue caminhando com força, uma vez que já temos equipamentos conectados nativos de fábrica e também que se autorregulam, ou seja, que não precisam de intervenções de operadores, a exemplo do sistema Automation presente nas colheitadeiras Case IH Série 250 que contam com inteligência artificial e de forma simples possibilita ao operador escolher o modo de colheita. Assim, a máquina se autorregula para atender o desejado pelo operador. Outro exemplo são as novas ferramentas de diagnóstico remoto presente nos novos Magnum e Steiger AFS Connect que permitem saber exatamente o que está acontecendo com o trator sem que alguém da concessionária precise se deslocar até o campo. E, ainda, o piloto automático e manobras de cabeceiras programadas. Estas são algumas das funções que já estão disponíveis em muitos equipamentos atuais da Case IH

Conectividade

Para tornar a agricultura digital cada vez mais presente no campo, um dos pontos principais é a conectividade funcionando e acessível nas fazendas. Neste ponto, a iniciativa ConectarAGRO, trabalha com o objetivo de levar conexão para todo o campo brasileiro, com a utilização da rede 4G na faixa de 700MHz, tecnologia global que permite a cobertura mais eficiente no campo.

Influências sociais

Além das tendências tecnológicas mudando o futuro do agronegócio, as mudanças na sociedade também impactam a produção rural e dão vazão a essa necessidade de tornar a agricultura do futuro realidade. Entre as principais, destacam-se: o aumento populacional no mundo – com previsão de 2 milhões até 2050 e aumento de consumo de 10% – ampliando a demanda alimentar no planeta, além da mudança no conceito populacional, que segue em processo migratório do campo para as cidades.



Gerson Filippini, gerente de Marketing de Produto de Agricultura Digital da Case IH


"Essa transformação na agricultura caminha cada vez mais rápido. Todas as mudanças e avanços tecnológicos, além da sociedade que passa a demandar mais e está mais preocupada com o seu consumo, olhando para a sustentabilidade, exige que o produtor seja cada dia mais profissional. Para isso, a Case IH trabalha para atender esse novo perfil de empresário, entregando produtos, serviços e soluções sempre inovadoras, acompanhando a agricultura do futuro", pontua Gerson Filippini, gerente de Marketing de Produto de Agricultura Digital da Case IH.

Soluções inovadoras

Para atender as necessidades aderentes à realidade do novo perfil do produtor rural, a Case IH conta com um ecossistema completo de soluções inovadoras e sustentáveis para a agricultura digital.

Lançado pela CNH Industrial, o AGXTEND reúne o que há de melhor para todas as etapas do ciclo de cultivo. Além da própria CNH Industrial, os parceiros Zasso, Raven, Bosch, Agrosystem, Cropman e BemAgro, desenvolveram tecnologias para o portfólio inicial da plataforma. Entre as principais estão o XPOWER, um equipamento que remove ervas daninhas por meio de choque elétrico, sem a intervenção de defensivos agrícolas, atuando 20 vezes mais rápido e preservando o solo; e o OPERE+, um aplicativo gratuito de gestão e monitoramento das operações agrícolas, que faz uso de sensores já existentes no smartphone do produtor para monitorar e informar o comportamento da operação agrícola e pode funcionar de forma totalmente offline.

As tecnologias AGXTEND já estão disponíveis nas concessionárias certificadas Case IH em todo Brasil, juntamente com as soluções AFS Connect.

Para ficar por dentro de todos os produtos disponíveis e acompanhar esta revolução no campo, inscreva-se para Websérie exclusiva de lançamento do AGXTEND. Serão 11 episódios inéditos explicando cada uma das soluções presentes.


 

​ ​

Clique aqui para conhecer as soluções e acompanhe todas as novidades no perfil: https://www.instagram.com/agxtendbrasil/

Soluções de acordo com as necessidades do produtor durante todas as etapas do cultivo

Diagnóstico do solo

Desenvolvido em parceria com a Cropman, o SOILXPLORER é um pacote de serviços que mescla hardware e software com um processamento de dados de alta eficiência e precisão, fazendo um diagnóstico completo do solo por meio de mapas de zonas de manejo e de compactação, que possibilitam um controle localizado da compactação do solo. Dessa forma é possível fazer um manejo preciso do solo garantindo mais assertividade, economia de insumos e operação, além de um potencial produtivo com mais sustentabilidade.

Controle da profundidade

Também criada em parceria com Cropman, o DEPTHXCONTROL permite fazer um controle da profundidade automatizado para descompactar o solo no local e na profundidade recomendados pelo SOILXPLORER. A solução também pode ser usada no controle da profundidade de determinados implementos, durante o plantio de culturas, a exemplo da cana-de-açúcar. Entre as vantagens, estão o preparo mais eficiente e otimizado do solo e o plantio uniforme, que garantem um melhor desenvolvimento radicular para o aproveitamento dos nutrientes no solo.

Profundidade alvo

Desenvolvido pela Raven, o DEPTHXMONITOR permite que o operador mantenha a profundidade alvo durante toda a operação, por meio de um sensor no implemento que fornece instruções em tempo real e na cabine da máquina. Isso garante um controle mais preciso da profundidade nas atividades de subsolagem e plantio, permitindo um desenvolvimento mais uniforme da cana-de açúcar, ao mesmo tempo em que reduz o abalo de soqueira na colheita.

Distribuição uniforme de sementes

A solução criada pela Bosch, XACTPLANTING garante uma distribuição uniforme de sementes. Para fazer isso, um motor elétrico é instalado em cada linha da plantadeira para fazer o corte e controle de taxa individual de vários modelos de dosadores do mercado. Com isso, cada semente fica alocada no espaçamento correto, mesmo em curvas, eliminando a sobreposição ou falhas de plantio.

Controle bico-a-bico na pulverização

Com o XACTSPRAYER, tecnologia desenvolvida pela Raven, a pulverização fica otimizada. Para isso, ela conta com um sistema de controle bico-a-bico que ajusta a pressão e vazão para uma aplicação precisa nas mais diversas condições. A solução também permite monitorar e controlar a altura da barra e conta com um sistema de injeção direta, piloto automático totalmente integrado e uma tecnologia que permite a comunicação entre máquinas, gerando sincronismo e eficiência máxima em todos os pulverizadores que trabalham na mesma área.

Monitoramento de dados meteorológicos

Desenvolvido pela Agrosystem, o FARMXTEND possibilita o monitoramento de dados meteorológicos diretamente de um smartphone, que coleta as informações dos sensores espalhados pelos talhões, possibilitando uma tomada de decisão mais assertiva nas diversas operações agrícolas que dependem das condições climáticas. Nele estão disponíveis três configurações: uma para as estações meteorológicas, outra para pluviômetros ou sensores de chuva e, por fim, os sensores de umidade do solo. O sistema é plug-and-play e funciona 100% com energia solar.

Planejamento, monitoramento e gestão da lavoura por imagens de drone

O DRONEXPLORER disponibiliza uma gama de serviços baseados em imagens de drone, satélites e vetores de maquinários que auxiliam no planejamento, monitoramento e gestão da lavoura, desde o preparo de solo até a colheita. Para isso, conta com relatórios, como os de altimetria, população de plantas e matologia, que permitem uma decisão rápida e assertiva em diversas operações ao longo do ciclo de cultivo. Nela, o agricultor paga apenas pelos hectares de serviço que contratar, sem a necessidade de adquirir qualquer equipamento.

Alta precisão e correção de sinal de GNSS

Desenvolvida pela CNH Industrial, o RTK+ é uma forma inovadora de transmissão do sinal, que proporciona alta precisão e correção de sinal de GNSS, com baixo investimento e conexão rápida, estável e segura. Os resultados são garantidos independentemente da topografia e funciona em qualquer localidade com conectividade, mesmo que as máquinas estejam distantes das bases que compõem a rede. A RTK+ permite ainda, o uso topográfico e agrícola simultâneo, bem como o uso do sinal por diferentes marcas de máquinas e operações.

​​​